Empréstimo Pessoal pós-fixado e pré-fixado

Conheça os benefícios dos empréstimos pré-fixados que a Previnorte pode oferecer! As taxas de juros pós-fixadas são vinculadas a índices de inflação ou de taxas de juros de curto prazo, que podem variar com o tempo conforme a economia do país.

Dessa forma o participante que optar pelos juros pós-fixados terá o valor de sua prestação alterado mensalmente.

Poderão se habilitar à contratação do empréstimo todos os participantes e pensionistas que possuam idade entre 18 e 80 anos incompletos, três ou mais meses de filiação à Previnorte e que estejam com suas contribuições em dia.

O contrato de empréstimo pode ser gerado diretamente no site da Previnorte, no Portal do Participante, na opção Empréstimos >> Simulação. Após a emissão do contrato, assine-o (pode utilizar assinatura digital) e encaminhe-o por e-mail para relacionamento@previnorte.com.br

Os empréstimos podem ser financiados em até 80 (oitenta) meses, sendo que o Pessoal Pré-Fixado limita-se a 12 (doze) meses.

As taxas de juros aplicáveis a cada tipo de empréstimo encontram-se publicadas neste site em Empréstimos>>Taxas.

Os empréstimos são segurados por apólice contratada junto a Sul América Seguros de Pessoas e Previdência S.A. e, em havendo óbito ou invalidez permanente por acidente do mutuário, ocorre a quitação do saldo devedor.

A DPS é de preenchimento e envio obrigatório à Previnorte nos casos de mutuário com idade superior a 71 anos e a soma dos saldos devedores, acrescido ao valor do novo empréstimo, ser superior a R$ 200.000,00, desde que a variação entre esses dois saldos seja superior a 20% (vinte por cento). Essa condição é verificada eletronicamente quando da solicitação do empréstimo no site. A DPS será encaminhada à seguradora para avaliação e a concessão do empréstimo dependerá da liberação da operação pela seguradora.

As taxas são mensais e aplicáveis sobre o saldo devedor do contrato, conforme tabela de taxas de empréstimos publicada no site (empréstimos>>taxas), sujeitas à atualização conforme normas da SUSEP – Superintendência de Seguros Privados.

A liberação do crédito na conta do mutuário, desde que dispensada a emissão de DPS, é de até cinco dias úteis: para solicitações registradas de segunda a terça-feira o crédito ocorre na sexta-feira da mesma semana e, para solicitações registradas de quarta a sexta-feira, o crédito ocorre na quarta-feira da semana seguinte. Caso o mutuário seja obrigado à apresentação da DPS, o prazo dependerá da liberação da avaliação pela seguradora. Esse prazo pode variar de dois a quinze dias (para situações que requeiram uma análise mais aprofundada da operação).

Atenção! Considerando a nova dinâmica de liberação de empréstimo, orientamos que você somente se comprometa com o valor do empréstimo solicitado a partir do momento que estiver confirmado, ou programado, o crédito na sua conta.

O vencimento da primeira prestação ocorre no último dia do mês subsequente à liberação do empréstimo.

 

As prestações serão cobradas em prestações mensais e sucessivas, mediante:
• Desconto nas Folhas de Salários dos patrocinadores, no caso de participantes ativos;
• Desconto na Folha de Benefícios da PREVINORTE, no caso dos assistidos;
• Cobranças bancárias, nos casos de participantes autopatrocinados, em situação de Benefício Proporcional Diferido ou participante que possua seu contrato de trabalho suspenso ou encerrado sem adesão a benefício ou instituto, com vencimento no último dia de cada mês.

Para obter mais informações, entre em contato pelo WhatsApp / Telefone 0800 941 8966, pelo web chat disponível no site ou, ainda, pelo e-mail: relacionamento@previnorte.com.br 

Os participantes e assistidos podem contratar Empréstimo Pessoal no valor de até R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), observados os limites de 10 (dez) remunerações base para cálculo da sua contribuição à Previnorte, valor da margem consignável disponível e, para participantes ativos, o saldo resgatável da sua reserva de poupança.

O mutuário poderá manter ativos em sua conta até quatro contratos de Empréstimos, sendo: dois do tipo Pessoal Pré-Fixado e dois do tipo Pessoal Pós-Fixado.

Para habilitar um novo contrato, deverá ter efetuado pagamento de, no mínimo, uma prestação em seus demais contratos vigentes.

Caso já possua os dois contratos ativos na modalidade desejada, poderá solicitar a “reforma” de um deles. Para tanto, é necessário que tenha amortizado no contrato a reformar, no mínimo, seis prestações ou 40% (quarenta por cento) da quantidade de prestações contratadas, o que for menor. Poderá antecipar o pagamento das prestações para alcançar o mínimo necessário à reforma.

Mostrar Aviso